Vacinação contra o H1N1 começa dia 11 de abril

vacina H1N1

O Ministério da Saúde começa a enviar hoje (1º) aos estados a vacina contra a gripe. Segundo o órgão, é de responsabilidade dos governos estaduais a distribuição aos municípios. A campanha nacional de vacinação está prevista para ocorrer de 30 de abril a 20 de maio, mas alguns estados, como São Paulo, optaram por antecipar o início da imunização em razão de surtos de influenza A (H1N1), conhecida como gripe A.

Os lotes de vacinas do ano passado protegem apenas contra o vírus H1N1. As doses deste ano protegerão também contra outros tipos do vírus (H3N2 e B/Brisbane). Por isso, quem tomou a do ano passado deve repetir a vacinação.

De acordo com o ministério, nas três primeiras remessas da vacina, a serem enviadas até o dia 15 de abril, os estados vão receber 25,6 milhões de doses, o que corresponde a 48% do total de lotes a serem encaminhados para toda a campanha deste ano. Do montante, 5,7 milhões serão entregues ao estado de São Paulo, onde já foram registradas cerca de 40 mortes atribuídas ao vírus H1N1.

Na capital e região metropolitana de São Paulo a vacina contra a gripe H1N1 será dada para gestantes, crianças e idosos a partir do dia 11 de abril. Para o restante da população, a vacinação começará a ser feita a partir do dia 30 de abril.

Medidas de Prevenção

Algumas atitudes ajudam a reduzir o risco de contágio e propagação dos vírus.

  •  Lavar sempre as mãos;
  • Evitar locais com aglomeração de pessoas (que facilitam a transmissão de doenças respiratórias);
  • Cobrir a boca com o braço ao tossir ou espirrar;
  • Utilizar álcool em gel nas mãos;
  • Caso julgue necessário, usar máscara de proteção.

Casos

Segundo a Secretaria de Saúde de São Paulo, entre os meses de janeiro a março deste ano foram registradas 299 internações, contra 127 no mesmo período em 2015.

Só nas primeiras onze semanas do ano, 66 pessoas foram diagnosticadas com H1N1 em São Paulo, com oito mortes. No ano passado, foram 12 casos, sem mortes.

Fonte: Agência BrasilUol