Exercícios inúteis que você provavelmente faz

Segundo pesquisadores alguns exercícios físicos comumente praticado nas academias (e fora delas) não são tão eficientes como se pensava. Veja algumas dicas que eles dão para levar seu treino a um outro patamar, com mais eficiência.

ABDOMINAIS

Abdomnais

Foto: Via Dual Fit

O padrão de aula de ginástica precisa de uma atualização. Segundo uma pesquisa da Universidade de San Diego, na Califórnia (EUA), o exercício tradicional para o abdômen é o que menos fortalece tanto os músculos retos (six-pack) como os oblíquos (músculos da cintura). Esse exercícios exige mais força dos músculos retos do que dos oblíquos, e podem causar um desequilíbrio do centro de força. Além disso, eles podem causar lesões nas costas.

abdominais2

Foto: Via Dual Fit

A “prancha” é a melhor forma sugerida para fortalecimento abdominal. Esta posição foca nos músculos da região e requer a ativação de mais músculos do que o exercício abdominal tradicional, além de reduzir os riscos de desenvolver dors nas costas ao longo da vida.

PEC DECK

peckdeck

Foto: Via Dual Fit

Enquanto a pesquisa constatou que a máquina pec deck é uma ótima maneira de construir a musculutara do peito, o fato é que esta máquina coloca a sua articulação do ombro em uma posição extremamente vulnerável, uma vez que, simultaneamente, gira e abduz. Se o praticante tiver algum problema nos ombros, o uso do pec deck poderá piorá-lo.

Foto: Via Dual Fit

Foto: Via Dual Fit

A melhor opção é o cross-over com cabos frontal, que produz os mesmos resultados sem riscos para as articulações.

SUPINO

Foto: Via Dual Fit

Foto: Via Dual Fit

Apesar de pesquisas mostrarem que e o supino é excelente para o fortalecimento da musculatura do peito e dos tríceps, lesões nos ombros são muito comuns. Além disso, o banco ou prancha limita o movimento natural dos omoplatas, colocando muita pressão nas articulações de rotação. Por isso, alguns experts em fitness estão começando a considerar o exercício bastante inseguro.

Foto: Via Dual Fit

Foto: Via Dual Fit

Felizmente, flexão de braço é um exercício que não necessita de equipamentos e que constrói os músculos nos peitorais, tríceps e ombros durante o desenvolvimento de força concentrada. Além do mais, ele pode ser modificado em dezenas de maneiras para trabalhar diferentes músculos ou aumentar a intensidade e complexidade desse movimento básico.

Fonte: The Active Times