Já pensou em ser pago para ir ao trabalho de bike?

Turim bikeA cidade italiana de Turim adotou uma medida para incentivar a ida das pessoas ao trabalho de bicicleta: pagar. Isso mesmo! A cidade está desenvolvendo um projeto de incentivo verde similar a outro já existente na França, onde os cidadãos que optarem por utilizar as bikes como meio de transporte para ir e voltar do trabalho recebem 25 centavos por quilômetro rodado.

O objetivo é conseguir que o maior número de pessoas passe a optar por esse meio de transporte. Milão segue no mesmo caminho.

Como funcionará?

O projeto de “bike incentivo” foi idealizado por Enzo Lavolta e Pierfrancesco Maran e está sendo aperfeiçoado para ser apresentado ao Ministro do Meio Ambiente da Itália, para que seja implementado nacionalmente.

“Nós ainda estamos trabalhando nos detalhes do projeto. Em primeiro lugar, estamos em contato com os controladores de mobilidade das principais empresas nacionais e locais do nosso território. Com eles, vamos desenvolver um sistema para calcular e validar o caminho percorrido pelos funcionários de casa para o trabalho e retornando”, esclarece Lavolta.

A cálculo da quilometragem rodada deverá ser feito por meio de um aplicativo de telefone celular conectado diretamente ao sistema do negócio. A pessoa terão então a opção de sacar o valor junto com o salário.

Além de reduzir o trânsito de veículos no perímetro urbano, a iniciativa ajuda na redução da emissão de gases do efeito estufa.

Fonte: Repubblica.it