Xiaomi cria smartphone sem bordas e com câmera em lugar inusitado

Mi MIX: o smartphone da Xiaomi tem tela de 6,4 polegadas (Foto: Facebook/Hugo Barra/Divulgação)

Mi MIX: o smartphone da Xiaomi tem tela de 6,4 polegadas (Foto: Facebook/Hugo Barra/Divulgação)

A Xiaomi anunciou no último dia 25 um smartphone com um visual impressionante. Chamado de Mi MIX, o aparelho tem tela de 6,4 polegadas que ocupa quase totalmente a sua parte frontal – exatamente 91,3%, segundo a marca.

Por dentro, o dispositivo tem processador Snapdragon 821, 4 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno. Ele ainda conta com sensor de impressão digital, bateria de 4.400 mAh com Quick Charge e tem suporte para dois chips. Uma versão com 6 GB de RAM e 256 GB de armazenamento também será disponibilizada.

O que chama a atenção no Mi MIX, no entanto, é seu design. Construído em cerâmica, o aparelho foi totalmente desenhado pelo design francês Philippe Starck. Para que a tela cobrisse toda a frontal, alguns componentes precisaram ser deslocados. A câmera frontal de 5 megapixels, por exemplo, foi para parte inferior do aparelho – um local pouco intuitivo.

Além disso, o sensor de proximidade foi substituído por um sensor ultrassom e o alto-falante ganhou um efeito que utiliza a borda para gerar som.

Em uma publicação em sua conta oficial no Facebook, Hugo Barra, executivo da empresa, brincou que as entradas tradicionais para fones de ouvido estão intactas no aparelho. O novo dispositivo tem câmera principal com 16 megapixels e roda Android com o MIUI 8, um redesenho do sistema do Google.

A Xiaomi pretende começar a vender o Mi MIX na China no dia 4 de novembro, com preços a partir de 3.499 yuan, cerca de 1.600 reais em conversão direta. O modelo com 6 GB de RAM sairá por 3.999 yuan, ou seja, 1.800 reais.

Mi Note 2

Para quem gosta do visual com bordas curvas, a marca também lançou o Mi Note 2. O smartphone tem tela OLED de 5,7 polegadas, processador Snapdragon 821 e memória RAM de 6 GB. A sua bateria é de 4.070 mAh e vem com Quick Charge. No quesito câmera, o Mi Note 2 chega com uma traseira de 22,56 megapixels e uma frontal de 8 MP.

O smartphone será vendido por 2.799 yuan (cerca de 1.300 reais) na versão com memória RAM de 4 GB e 64 GB de armazenamento interno. O modelo com 6 GB de RAM e 128 GM de memória interna chega com o preço de 3.499 yuan (1.600 reais).

Ainda não há informações sobre a comercialização dos dispositivos no Brasil.

Mi Note 2: o novo smartphone da Xiaomi tem um visual bastante similar ao do Samsung Galaxy Note 7 (Foto: Xiaomi/Divulgação)

Fonte: Exame.com