Horário de Verão começa domingo

horario-de-veraoO Horário de Verão volta a entrar em vigor a partir de domingo (16) em dez estados e no Distrito Federal. Os relógios devem ser adiantados em uma hora.

O novo horário vai durar até a vigésima quarta hora do dia 19 de fevereiro de 2017, quando os ponteiros dos relógios serão atrasados em uma hora (nesse dia, haverá “duas meia-noites”).

A estimativa de ganhos com o Horário de Verão é de R$ 147,5 milhões, que representa o custo evitado em despacho de usinas térmicas por questões de segurança elétrica e atendimento à ponta de carga no período de vigência do Horário de Verão.

Os principais benefícios da redução de demanda no horário de ponta, além da redução dos investimentos no sistema elétrico, são o aumento da segurança operacional, decorrente da diminuição dos carregamentos na rede de transmissão; maior flexibilidade operativa para realização de manutenções e redução de cortes de carga em situações de emergência no sistema elétrico e a redução dos custos de operação do Sistema Interligado Nacional (SIN).

Em dezenas de países do mundo, o horário de verão é usado há décadas como forma de usar energia de forma mais eficiente, especialmente nos países com geração termelétrica, ou de racionalizar o uso da infraestrutura energética, com postergação de investimentos em novas fontes de produção, que é o objetivo principal do Brasil. Embora seja importante a economia absoluta no consumo de energia, especialmente em períodos de estiagem, que levam ao acionamento de usinas térmicas mais caras, o horário de verão se justifica principalmente pela mudança do horário de pico de consumo, que normalmente ocorre das 18h às 21h

Fonte: Ministério de Minas e Energia