Entrega da declaração 2015 do IR começa no dia 2 de março

Receita-Federal-Imposto-de-Renda

De acordo com a Instrução Normativa 1.545, publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União, no dia 2 de março começa a temporada para entrega da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2015 (ano-calendário 2014), que terminará às 23h59 do dia 30 de abril. A multa para quem entregar com atraso será entre o mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do imposto devido.

Quem deve declarar

Entre outras condições, está obrigado a apresentar a Declaração do IRPF de 2015 o contribuinte que recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma foi superior a R$ 26.816,55 ou rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, que ultrapassaram R$ 40 mil. Em relação à atividade rural, deve declarar o contribuinte que obteve receita bruta em valor superior a R$ 134.082,75.

O contribuinte que tinha a posse ou a propriedade de bens ou direitos em valor superior a R$ 300 mil, no dia 31 de dezembro de 2014, também deverá prestar contas ao Fisco.

Rascunho

Desde o dia 3 de novembro de 2014 a Receita Federal disponibilizou um aplicativo que permite a criação de um rascunho digital do documento.

O Rascunho IRPF é uma aplicação online e pode ser acessada por microcomputadores e dispositivos móveis (Android e iOS) por meio do novo APP IRPF. Como compartilham a mesma base de dados, as informações do rascunho poderão ser transportadas para declaração em março, quando o programa para geração e envio estiver disponível para download. O objetivo do novo app é exatamente facilitar o preenchimento, dando mais tempo para os contribuintes organizarem a documentação, mas sua utilização é facultativa.