São Paulo tem nova edição do Mercado Místico neste final de semana

Foto: Rafael Guirro/Divulgação

Foto: Rafael Guirro/Divulgação

A capital paulista recebe mais uma edição do Mercado Místico neste sábado (24) e domingo (25), das 10h às 20h, no Club Homs. São mais de 80 expositores de artigos esotéricos, de itens de moda a cristais. Além disso, oraculistas estarão atendendo o público.

A partir das 13h, nos dois dias do evento, os visitantes poderão assistir a mais de 60 apresentações de dança (palco) e a 14 palestras que acontecerão de hora em hora no auditório.

Confira a programação:

Palestras

Sábado:

  • 13h –  Introdução à religião tradicional Yoruba/Culto Tradicional aos Orixás na Nigéria (Babalorisa Faseyi Dada); 14h – Ritual da primavera (Cyda Godoy);
  • 15h – Regressão de memória e a quântica. (Solange Pereira);
  • 16h –  Corpo e autoconhecimento, a história de cada um (Lucia Aba Youssef Haboba);
  • 17h – Numerologia Cabalística e você (Ivani Oliveira);
  • 18h – Palestra Viviencial- Despertando um novo ser  (Daniele Balula);
  • 19h – Tome posse do seu poder (Megh Luz).

Domingo:

  • 13h – Prosperidade com os anjos (Giani Sabas);
  • 14h –  O Êxodo, a saída dos hebreus do Egito (Prof.  Gilberto Baccaro);
  • 15h – Relacionamentos em carência –  O que o amor necessita para dar certo? (Maísa Vatan);
  • 16h – O despertar da consciência (Joelma Nunes);
  • 17h – Nós não fazemos a magia, nós somos a magia (Denise Constantino); 18h – Folhas Sagradas (Cyda Godoy e André Mantovani);
  • 19h – Revolução solar e o ritmo do ano pessoal (Nadia Oliveira).

Danças

Os shows duram de 5 a 20 minutos, e vão das 13h às 20h. Grupos femininos, masculinos e mistos, casais, duplas e solistas farão números de flamenco, flamenco cigano, tribal, tribal fusion, carimbó, rumba cigana, folclórica, árabe, sacred dance, e danças afro, havaiana, indígena, cigana, sevilhana, e do ventre (clássica, com leque, com véu, com xale, com espadas),  entre outras.

Club Homs fica na Av. Paulista, 735 – próximo à Estação Brigadeiro do Metrô, em São Paulo (SP).

A entrada é gratuita.

Fonte: Divulgação