Museu Afro Brasil recebe exposição de arte contemporânea portuguesa

O Museu Afro Brasil abriu na última quinta-feira (08) a exposição “Portugal Portugueses – Arte Contemporânea”, com mais de 270 obras dos principais artistas portugueses da atualidade – pinturas, esculturas, fotografias e instalações – que dialogam com o Brasil, Angola, Moçambique e Cabo Verde. A dramaturga portuguesa Maria Adelaide Amaral é madrinha da exposição e esteve presente na cerimônia de abertura.

Vários dos 42 artistas portugueses estiveram no Brasil para celebrar a ocasião e também para contar um pouco do ponto de partida para os trabalhos expostos, e suas referências. Albuquerque Mendes (autor da série Pau Brasil, que dialoga bastante com nosso país e a terrinha), Antonio Manuel (português há tanto tempo radicado no Brasil que já é chamado de brasileiro quando visita sua terra natal), Francisco Vidal (filho de angolano e de cabo-verdiana, esse pintor português tem sua obra toda voltada à questão negra), Gonçalo Pena (pintor que nas vésperas da abertura inseriu Dom Pedro I numa de suas telas para homenagear o Brasil), Miguel Palma (sua instalação “Plataforma” promete chamar atenção de quem visitar a mostra), Nuno Ramalho (que usou centenas de moedas brasileiras para compor seu grande painel), Nuno Sousa Vieira, Pedro Valdez Cardoso, Rui Calçada Bastos, Manuel Correia, Teresa Braula Reis (uma das mulheres consideradas pelo curador como representante da nova geração de artistas portugueses), Vasco Araújo (artista que tem sua obra toda voltada à questão da visão europeia em relação aos negros) e Vasco Futscher.

A exposição “Portugal Portugueses – Arte Contemporânea” estará aberta para visitação até 8 de janeiro de 2017, de terça a domingo, das 10h às 17h, sendo que aos sábados a entrada é gratuita.

Os ingressos custam entre R$ 3 (meia entrada) e R$ 6.

O Museu Afro Brasil fica na Av. Pedro Álvares Cabral, s/n – Parque Ibirapuera – Portão 10, em São Paulo (SP).

Confira o teaser: