Livro aborda a moda pela ótica do cinema

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

É fato que o cinema e a televisão são referencias para a moda em todo o mundo. No livro “101 Filmes Para Quem Ama Moda”, a jornalista de moda Alexandra Farah conta a presença da indumentária no cinema em quatro segmentos: figurinos por Grandes Estilistas, Documentários, Filmes brasileiros e Musicais.

O livro será lançado dia 1º de maio, na Prince Books – Rua Oscar Freire, 1128 – Jardins, em São Paulo (SP).

Foram 101 títulos estudados durante meses, pela autora e pesquisadores. Clássicos raros, como “Moda de 34”, musical sobre o fast-fashion feito em 1934 com coreografia de Busby Berkeley e Bette Davis como pirata da moda, convive com blockbuster como a comédia romântica “Bonequinha de Luxo”, com Audrey Hepburn vestida por Hubert de Givenchy.

“Cada um dos capítulos representa à curadoria de uma das quatro mostras FilmeFashion que organizei entre 2003 e 2009. Estudar o passado para chegar mais rápido no futuro, conhecer novos filmes e aprender com os mais lindos. Estas eram as mensagens das mostras de cinema e são desse guia”, revela Ale Farah.

Artigos de dois especialistas refletem sobre encontro das duas indústrias. Hernani Heffner faz um levantamento inédito do início do cinema brasileiro e Gloria Kalil diferencia a roupa do figurino, além de assinar a quarta capa.

“O figurinista não se propõe a lançar moda. Ele usa a moda para marcar a personalidade da personagem que ele está vestindo. Só que, às vezes, essa roupa, ou todo um guarda-roupa, são tão envolventes que fazem com que o público se apaixone pela imagem e se identifique com o ator ou com a atriz, querendo então vestir o que eles vestem e viver a história que eles estão vivendo. Bons filmes e bons figurinistas conseguem essa mágica. Aqui, 101 bons exemplos deste encantamento”, define a autora best-seller e diretora do site Chic Glória Kalil.

Segundo Glória, como a moda mexe com a identidade, pode acontecer de criar uma nova moda.

“Quem não lembra do vestido tomara-que-caia de Rita Hayworth em Gilda toda vez que pensa numa roupa sexy? Quem não se lembra de Flashdance ao usar um moletom rasgado? Quem não morreu de vontade de um pretinho com tiras no decote para se sentir linda e sexy como Demi Moore em Proposta indecente? Vestir a roupa de uma atriz ou de uma personagem das telas e tornar-se essa pessoa”, explica.

Na obra, grandes nomes como Takeshi Kitano e Francois Truffaut estão lado a lado com Zé Trindade e Anna Wintour, Coco Chanel e Jean Paul Gaultier.

101 Filmes para quem ama moda
Autor(a): Alexandra Farah
Editora: Senai-SP
Páginas: 272
Preço: R$ 79,90

Fonte: Divulgação