Exposição sobre Gaudí chega ao Instituto Tomie Ohtake

banner-site-gaudi-final-1

Foi aberta no último domingo (20) a exposição “Gaudí: Barcelona, 1900” no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo. A mostra sobre um dos maiores arquitetos do mundo conta com trabalhos oriundos do Museu Nacional de Arte da Catalunha, Museu do Templo Expiatório da Sagrada Família e da Fundação Catalunya-La Pedrera, Gaudí: Barcelona, 1900 reúne 46 maquetes, quatro delas em escalas monumentais, e 25 peças entre objetos e mobiliário criados pelo mestre catalão. Além disso, cerca de 40 trabalhos de outros artistas e artesãos que compunham a avançada cena de Barcelona nos anos 1900 completam a exposição.

No design, móveis e objetos, que vão de maçanetas de metal a peças em cerâmica e madeira, dão conta de como a criação artesanal conseguiu fundamentar a indústria. O conjunto das obras reunidas do consagrado arquiteto catalão, Antoni Gaudí, testemunham a invenção de uma original geometria, calculada a partir da observação e estudo dos movimentos da natureza. Com este princípio racionalista protagonizado pelo orgânico, Gaudí instaura uma estética moderna única que marcou definitivamente a cidade de Barcelona.

A exposição poderá ser visitada até o dia 5 de fevereiro de 2017, de terça a domingo, das 11h às 20h (última entrada às 19h).

Os ingressos custam R$ 12 e R$ 6 (meia-entrada – crianças até 10 anos, cadeirantes e deficientes físicos tem entrada gratuita todos os dias da exposição). Às terças-feiras a entrada é gratuita mediante a retirada de senhas na bilheteria do Instituto, das 10h às 19h. Crianças até 10 anos, cadeirantes e deficientes físicos têm entrada gratuita todos os dias da exposição.

OS horários das visitas são:

Das 11h às 13h (entrada até às 13h)
Das 13h às 15h (entrada até às 15h)
Das 15h às 17h (entrada até às 17h)
Das 17h às 19h (entrada até às 19h)

Instituto Tomie Ohtake fica na Av. Faria Lima 201 (Entrada pela Rua Coropés 88), em Pinheiros, São Paulo (SP)