CCSP recebe mostra de filmes “Geração Talkie”

Chamada de “Geração Talkie” pela presença e importância intensificada dos diálogos em seus filmes, os cineastas independentes estadunidenses dos anos 1990 são homenageados com a mostra de mesmo nome, uma parceria da Spcine com o Centro Cultural São Paulo (CCSP). Entre os dias 17 e 28 de maio, o CCSP exibe uma seleção de 15 filmes, que inclui clássicos de Tarantino, Soderbergh e Jarmusch. No dia 27, acontece também uma palestra com o pesquisador Aaron Cutler.

“São filmes feitos com equipes pequenas e poucos cenários e que potencializavam a importância dos diálogos na narrativa”, explica Carlos Gabriel Pegoraro, curador da mostra ao lado de Célio Franceschet. “Assim, eles exploravam uma linguagem mais jovial para conseguir se relacionar com o público da geração X e Y”. Os cineastas dessa geração tiveram como inspiração John Cassavetes, ícone do cinema independente dos Estados Unidos. “Seus filmes inovaram com o intenso uso de técnicas de improvisação que resultavam em diálogos atuais e de acordo com a geração de jovens da época”, conta Pegoraro.

Diálogos bem-humorados e cheios de referências pop são uma das marcas do cinema de Quentin Tarantino, assim como a violência explícita. Nos dias 18 e 28, é exibido o primeiro filme de sua carreira, “Cães de Aluguel”. O longa-metragem conta a história de um grupo de criminosos que realizam um assalto malsucedido e desconfiam de que há, entre eles, um traidor.

Laura San Giacomo e Peter Gallagher em cena de “Sexo, Mentiras e Videotapes” (Foto: Divulgação)

Filme de estreia de Steven Soderbergh, “Sexo, Mentiras e Videotapes” é exibido nos dias 20 e 26. Premiado com a Palma de Ouro em Cannes, o filme retrata a rotina de um casamento falido, em que o homem tem um caso com a cunhada. A rotina começa a mudar com o retorno de um amigo de infância do marido, que grava em vídeo depoimentos de mulheres sobre sexo.

Clássico de Jim Jarmusch, “Estranhos no Paraíso” é exibido nos dias 18 e 28. Originalmente um média-metragem filmado em 1982, o filme foi transformado em um longa de três partes, divididas em: “O Novo Mundo”, “Um Ano Depois” e “Paraíso”. A história de dois primos que resolvem visitar uma tia em Cleveland teve cada uma de suas cenas filmadas em uma única tomada.

Indicada ao Oscar em 2017 por “Elle”, a atriz francesa Isabelle Huppert interpreta uma ex-freira, autora de contos eróticos, em “Amateur”, de Hal Hartley. Discutindo religiosidade e desejo, o filme acompanha a história de um diretor de filmes pornográficos que perdeu a sua memória. Um dos principais nomes do cinema independente estadunidense, Hartley tem como característica o emprego de diálogos não-naturalistas em cena.

A mostra exibe ainda outros filmes clássicos, como “Kids”, de Larry Clark, “Jovens, Loucos e Rebeldes”, de Richard Linklater, e “Despedida em Las Vegas”, de Mike Figgis.

Por Gabriel Fabri

Confira a programação completa:
dia 17/5 – quarta
17h
O par perfeito
19h
Slacker

dia 18/5 – quinta
15h
Estranhos no paraíso
17h
Procura-se Amy
20h
Cães de aluguel

dia 19/5 – sexta
16h
Jovens, loucos e rebeldes
18h
O balconista
20h
Amateur

dia 20/5 – sábado
16h
O par perfeito
18h
Kids
20h
Sexo, mentiras e videotape

dia 23/5 – terça
17h
Barcelona
19h
Kids

dia 24/5 – quarta
17h
Próxima parada Wonderland
19h
Jovens, loucos e rebeldes

dia 25/5 – quinta
15h
Slacker
17h
Despedida em Las Vegas
19h30
Procura-se Amy

dia 26/5 – sexta
15h
Sexo, mentiras e videotape
17h
As confissões de Henry Fool
20h
Metropolitan

dia 27/5 – sábado
15h
O balconista
17h
Palestra com Aaron Cutler
20h
Próxima parada Wonderland

dia 28/5 – domingo
15h
Amateur
17h30
Cães de aluguel
20h
Estranhos no paraíso

Sinopses:

Amateur
(França/EUA, 1993, 95min, 35mm)
direção: Hal Hartley – elenco: Isabelle Huppert, Martin Donovan, Elina Löwensohn
Isabelle é uma ex-freira ninfomaníaca, porém virgem, que escreve contos pornográficos. Aguardando um sinal divino, ela conhece Thomas Ludens, um homem misterioso que não se lembra sequer do próprio nome. Juntos eles tentam desvendar o obscuro passado de Ludens, que envolve filmes pornôs, arquivos secretos, perseguições e tentativas de assassinato.

O balconista
(Clerks, EUA, 1994, 92min, digital)
direção: Kevin Smith – elenco: Brian O’Halloran, Jeff Anderson, Jason Mewes
Um dia na vida de Dante, balconista de loja de conveniência que vive às voltas com duas namoradas, um colega cínico e uma série de excêntricos clientes.

Barcelona
(EUA, 1994, 101min, digital)
direção: Whit Stillman – elenco: Taylor Nichols, Chris Eigeman, Tushka Bergen
Dois primos americanos mostram grandes divergências quanto às suas opiniões e estilos de vida, especialmente nas relações com as mulheres. Mesmo assim, passam uma temporada juntos em Barcelona, aprendendo a conviver e somando aventuras amorosas.

Cães de aluguel
(Reservoir Dogs, EUA, 1992, 99min, DCP)
direção: Quentin Tarantino – elenco: Harvey Keitel, Tim Roth, Michael Madsen
Joe Cabot, um criminoso, reuniu seis bandidos para um grande roubo de diamantes, mas esses homens não sabem nada um sobre os outros e cada um utiliza uma cor como codinome. Porém, durante o assalto, algo saiu errado, pois diversos policiais esperavam no local. Mr. Pink está certo de que entre eles há um policial disfarçado e precisam descobrir quem é. Em um clima de acusações mútuas a situação fica insustentável.

As confissões de Henry Fool
(Henry Fool, EUA, 1998, 137min, digital)
direção: Hal Hartley – elenco: James Urbaniak, Thomas Jay Ryan, Parker Posey
Simon Grim é um lixeiro com fama de deficiente mental. Ele vive com sua mãe e sua irmã, uma ninfomaníaca. Um dia surge em sua vida Henry Fool, que o incentiva a escrever suas ideias. Fool não tem emprego e está escrevendo suas confissões, as quais, ele acredita, irão revolucionar o planeta. Simon escreve polêmicos poemas, que são aclamados por alguns e considerados pornográficos por outros. Instalado na casa dos Grim, Henry serve de mentor para Simon, ajudando-o também a divulgar seu trabalho.

Despedida em Las Vegas
(Leaving Las Vegas, EUA, 1995, 111min, 35mm)
direção: Mike Figgis – elenco: Nicolas Cage, Elisabeth Shue, Julian Sands
Em Los Angeles, Ben Sanderson é um alcoólatra que, após ter sido demitido da produção de um filme, decide dirigir até Las Vegas, onde planeja beber até morrer. Lá conhece Sera, uma prostituta que também morou em Los Angeles e por quem se apaixona. Ele acaba indo morar na casa dela e eles vivem uma relação de respeito mútuo. No entanto, a deterioração dele entra em um processo irreversível.

Estranhos no paraíso
(Stranger than paradise, Alemanha/EUA, 1984, 35mm)
direção: Jim Jarmusch – elenco: John Lurie, Eszter Balint, Richard Edson
Willie é um desocupado morando num pequeno apartamento em Nova York. Um dia ele recebe a visita inesperada de sua jovem prima Eva, vinda da Hungria. Inicialmente eles não se dão muito bem e, assolados pelo tédio, resolvem ir visitar uma tia em Cleveland.

Jovens, Loucos e Rebeldes
(Dazed and confused, EUA, 1993, 103min, digital)
direção: Richard Linklater – elenco: Milla Jovovich, Ben Affleck, Matthew McConaughey
Maio de 1976. Loucura total no último dia de aula em um colégio do Texas. Na ânsia de extravasar ao máximo a juventude irresponsável, futuros calouros e sádicos veteranos aprontam, organizam festas, brigam, transam, drogam-se e bebem como se não houvesse amanhã.

Kids
(EUA, 1995, 95min, digital)
direção: Larry Clark – elenco: Leo Fitzpatrick, Chloë Sevigny, Rosario Dawson
Nova York serve de cenário para mostrar o conturbado mundo dos adolescentes que, indiscriminadamente, consomem drogas e quase nunca praticam sexo seguro. Um garoto que deseja só transar com virgens e uma jovem que só teve um parceiro, mas é HIV positivo, servem de base para tramas paralelas, que mostram como um adolescente pode prejudicar seriamente sua vida se não estiver bem orientado.

Metropolitan
(EUA, 1990, 98min, digital)
direção: Whit Stillman – elenco: Carolyn Farina, Edward Clements, Chris Eigeman
Quase todas as noites um grupo de esquerdistas da alta classe se reúne para jogar bridge, discutir o socialismo de Charles Fourier e falar da mobilidade social. São eles o cínico Nick, o filosófico Charlie, a festeira Sally, a metalúrgica Audrey, e também Tom. Tom não é tão sofisticado como os outros e critica o modo de vida dos companheiros. Além disso, ele encontra sua alma gêmea em Audrey, que o ama secretamente.

O par perfeito
(Go Fish, EUA, 1994, 83min, digital)
direção: Rose Troche – elenco: Guinevere Turner, V.S. Brodie, T. Wendy McMillan
Max é uma jovem lésbica com dificuldades para encontrar um amor. Um amigo a apresenta a Ely. Max gosta de Ely, mas ela é deselegante, caseira e mais velha, não tendo muito em comum.

Procura-se Amy
(Chasing Amy, EUA, 1997, 115min, 35mm)
direção: Kevin Smith – elenco: Ben Affleck, Jason Lee, Joey Lauren Adams
Holden e seu amigo Banky ganham a vida fazendo uma tirinha de sucesso em Nova Jersey. Amigos há anos, eles levam uma vida tranquila até o dia em que Holden conhece a roteirista Alyssa. Apaixonado, não mede esforços para conquistá-la, mas se surpreende ao descobrir que os dois têm mais em comum do que ele poderia imaginar.

Próxima parada Wonderland
(Next stop Wonderland, EUA, 1998, 104min, 35mm)
direção: Brad Anderson – elenco: Hope Davis, Alan Gelfant, Philip Seymour Hoffman
Em Boston, Erin, uma jovem enfermeira noturna, rompe com o namorado. A mãe, autoritária, está ansiosa para que ela comece um novo compromisso. Do outro lado da cidade está Alan, que quer mudar de vida, lutando para não terminar como seu pai, um jogador. A história conecta, delicadamente, uma rede de amigos e desconhecidos, brincando com as possibilidades do destino.

Sexo, mentiras e videotape
(Sex, lies and videotape, EUA, 1989, 96min, digital)
direção: Steven Soderbergh – elenco: Andie MacDowell, James Spader, Peter Gallagher
John é um advogado que enfrenta problemas de caráter sexual com sua mulher e, ao mesmo tempo, tem um caso com sua cunhada. Sua vida sofre uma transformação com a chegada do amigo de infância, que grava em vídeo o depoimento de mulheres falando sobre suas vidas sexuais.

Slacker
(EUA, 1991, 97min, digital)
direção: Richard Linklater – elenco: Richard Linklater, Rudy Basquez, Jean Caffeine
Um dia na vida de diferentes jovens de vinte e poucos anos, que se sentem deslocados na cidade de Austin, no Texas. O clima é de apatia, paranoia e ódio, sentimentos típicos dos adolescentes da década de 1990, principalmente quando eles não se encaixam na sociedade em que vivem. Suas histórias só se conectam porque ocupam o mesmo lugar no tempo e no espaço, e mostram o universo vazio em que esses jovens vivem.

Fonte: Prefeitura de São Paulo