“Boa noite, Cinderela” é tema de livro

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

O livro “A Fila”, da paulistana Ana Esterque, publicado pela editora Chiado, é um conjunto de dez contos. Neles, a autora – com muita sensibilidade – conversa com o leitor sobre assuntos cotidianos. Um deles traz uma infeliz realidade do país, a de que a cada 11 minutos uma mulher é estuprada. “Boa noite, Isabella” relata a prática criminosa e cruel de drogar uma vítima para roubá-la ou estupra-la. Confira um trecho:

“Baixou mais o olhar: suas coxas, na parte interna, exibiam hematomas, além de manchas apagadas em um vermelho coagulado. “Sangue?”

Subitamente, cessou o derretimento do quarto. Houve um lampejo de nitidez: Isabella acordara.

“E os rapazes?”, perguntou-se, cobrindo os seios com as mãos. Sentia o peso repentino do desespero a cair sobre os ombros.
Os rapazes eram a lembrança mais clara que possuía. Em sua memória, as cenas pareciam entrecortadas por sanduíche, conta, suco, a espera do garçom, o toalete.

Espremeu os olhos. Tampou-os com as palmas das mãos. Ali, em pé no meio do quarto e de olhos cerrados, percebeu um leve incômodo no baixo ventre. “Não pode ser”, pensava com insistência.

O seu coração pulsava intenso.

Foi ao banheiro. O espelho refletiu os cabelos despenteados, um corte pequeno no canto dos lábios e um leve hematoma na têmpora direita, fazendo-a compreender, em sua profundidade, o significado de violência, após trinta e um anos de vida.”
Inspirada por fragmentos da realidade e do imaginário, Ana escreve como quem observa minuciosamente o mundo ao seu redor. A Fila, primeiro livro da escritora, chega às livrarias com a promessa de instigar e provocar o leitor a cada página.

Além de A Fila (contos), Ana também é autora do livro “O amor não serve para nada”.

A Fila
Autora: Ana Esterque
Editora: Chiado
Páginas: 88
Preço: R$ 25

Fonte: Divulgação